Qual melhor setor para investir em franquia em Portugal

Tempo estimado de Leitura: 9min

Postado em 22 de dezembro de 2020 /
Compartilhe:

Quando falamos sobre franchising e o sistema de modelo das franquias, a primeira coisa que vem na mente do empreendedor é: qual o melhor setor de franquia para investir em Portugal? 

Essa é a resposta do milhão que todo franqueado busca. Qual é a melhor franquia que eu terei mais retorno com menos investimento? E qual o segmento em que devo investir, que dá mais dinheiro? 

Além dessas dúvidas, no checklist desse formato de negócio também tens que decidir entre as 528 marcas de franquias que estão operando em Portugal. 

Um passo a passo importante a ser seguido:

Veja, de acordo com o último Censo do Franchising realizado pela APF – Associação Portuguesa de Franchising (2018/2019), Portugal tem 528 marcas de franquias que estão divididas em mais de 50 segmentos ou áreas de negócios. 

Perceba que diante deste universo de possibilidades e oportunidades, é muito importante definir e escolher a melhor franquia para si. 

Para responder estas perguntas e ajudá-los nesse projeto de vida damos alguns passos que deve seguir:

1 – Pesquise muito e busque quem já conhece e sabe sobre franquia ;

2 – Entenda o comportamento dos setores de franchising em Portugal;

3 – Veja as tendências e os “movimentos do mundo”;

4 – Identifique os fatores que influenciarão na sua escolha e liste-os.

 

 

O mercado de franquias na prática

Neste artigo, vamos simplificar a questão e apresentar dicas de como fazer essa pesquisa e facilitar na escolha de sua franquia.

Como dissemos, é possível identificar fatores que vão influenciar a escolha de qual é o melhor setor de franquias para investir em Portugal.  Desta forma, dentro dos fatores diretos podemos ressaltar o volume de investimento, sua capacidade financeira, o tempo de retorno do investimento e a identificação do empresário com aquele setor e é aqui que deparamos com um critério subjetivo que está relacionado ao seu projeto de vida. 

Não compre apenas um sonho ou um produto, compre um negócio. 

Já os fatores indiretos, que influenciam de forma transversal a escolha do setor, podemos ressaltar o enquadramento legal da franchising naquele setor em específico de Portugal, o nível de respeito de cada franquia pelas normas europeias e a legalização, ou seja, o registro da marca nos órgãos competentes. Não existe Franchising sem marca! Guardem isso! 

Vamos começar pelos escalões ou volume de investimento e tempo de retorno do setor de franquia em Portugal que são pré-requisitos para iniciar a sua pesquisa.

Temos franquia que se inicia com investimentos de até 25.000 euros e vai até aquelas em que é necessário mais de 250.000 euros de investimento inicial, ou seja, um investimento bem mais voluptuoso. 

As franquias até 25.000 euros são consideradas franquias de baixo custo e não exigem um investimento inicial tão alto. Porém, apesar do investimento inicial ser relativamente baixo, da mesma maneira continua sendo necessário um bom planejamento financeiro e todos os demais cuidados e já abordamos no outro artigo  (O que tenho que saber antes de comprar uma franquia em Portugal)

Importante dizer que a escolha do setor começa depois de definido o tamanho do investimento, pois esse número vai influenciar diretamente na decisão do futuro franqueado. 

 

 

Como está organizado os setores de franquia e como se comporta: 

Perceba que essa preferência e comportamento está relacionado com a estrutura da economia de Portugal e suas atividades. Então lembra, do primeiro e segundo item lá de cima do artigo. Não faça isso sozinho. 

As franquias do setor de serviços detêm 57.7% da preferência dos investidores, sendo que os serviços para particulares ocupam 43,6%”, acrescentando que ao “setor dos serviços segue-se o comércio, com 29%, e a restauração, com 13,3%”. 

Claramente, vemos uma preferência pelo setor de serviços e, os segmentos mais fortes desse setor são: turismo, imobiliário, higiene e limpeza, obras e remodelações, lavanderias, hotelaria entre outros. 

As redes de franchising em Portugal geraram, em 2018, um volume de negócios de 8.084 milhões de euros, valor que corresponde a 3.96% do PIB nacional e por isso não deixa de ser uma boa área para os investidores apostarem. Mas tudo é como falamos anteriormente, cada setor possui as suas vantagens, desvantagens e não existe “certo e errado”.

Quanto à taxa de retorno, este segundo critério que evidenciamos no início é uma zona mais cinzenta e incerta, pois toda a franquia possui uma taxa de retorno específica e que pode ser contável, mas está dependente intrinsecamente da administração e diligência do franqueado. 

Um dos erros mais comuns dos franqueados é acharem que ao comprar uma franquia de um setor que está em alta, não precisa de gestão, pelo contrário. Já há experiências de marcas, extremamente conceituadas, com anos no mercado e que acabam no final por comprar a franquia do franqueado para evitar a falência daquela loja/estabelecimento. 

É evidente que o lucro da franquia não depende somente da consolidação da marca no mercado, depende da localização do ponto comercial, do atendimento, seguir à risca as normas e as regras da operação da loja e a performance daquele franqueado.

Vale alertar que investir em franquias não é um processo fácil, que se ganha no primeiro dia, é um processo longo e que leva tempo. Tem que ter cuidado e muita atenção na escolha das marcas e da área de negócio. Estudem e verifiquem os detalhes. 

 

 

Se pergunte e responda: Você tem perfil para ser franqueado? Saiba quais skills as marcas de Portugal esperam do franqueado. Se a resposta é sim, então venha conosco. 

A Atlantic Hub tem um serviço ideal para te preparar para ser um franqueado de sucesso, o Atlantic Franchising. Foi criado justamente pensando nas demandas e necessidades dos empreendedores que querem comprar uma franquia em Portugal e das marcas que buscam franqueados ideais.

Espero que tenha ficado claro que para comprar uma franquia não existe o melhor, pior, certo ou errado setor de franquia ou área de negócio. E mais, o melhor do sistema de franchising é que você empreenderá em Portugal com suporte e apoio e não estará sozinho.  

Portanto, escolha algo que seja apaixonado em termos de negócio, olhe em sua casa e veja os produtos/serviços/marcas que você compra, depois pense em tudo que você não gosta, não compraria e não trabalharia e elimine esses segmentos/ setores de negócios. Aqui já tem um ponto de partida para comprar a franquia certa para você.  

 

Fernanda Borges Esposito, formada em Gestão com MBAs em Gestão de Negócios & Empreendedorismo e Trade Marketing pela BI International Business School, e especializações em Marketing  e Gestão de Terceiro Setor. Executiva com mais de 20 anos que desenvolveu e liderou projetos e iniciativas inovadoras com foco em Internacionalização, Planejamento Estratégico, Marketing, Retalho, Franchising, Sustentabilidade e Empreendedorismo social no Brasil e no exterior. É sócia fundadora da 2Luck, empresa de consultoria de novos negócios e internacionalização, em Portugal, com metodologia própria aplicada em empresas de diversos segmentos e Head of Franchising da Atlantic Hub. É palestrante e formadora nos cursos da APF – Associação Portuguesa de Franchising e mentora no Programa Google for Startups Accelerator.

 

 

 

Compartilhe:

Posts Relacionados


5 razões para internacionalizar a sua franquia

De acordo com o último censo do Franchising, divulgado pela APF (Associação Portuguesa de Franchising), a franquia é um modelo Read more

Como fazer negócios com empresas portuguesas

Estamos a mais de cinco anos auxiliando brasileiros empreendedores em Portugal e garanto a você que muitas lições aprendemos. Quero Read more

Setor de saúde para negócios em Portugal

Muitos setores têm ganhado destaque nos últimos anos em Portugal e a saúde é um deles. Confira nosso conteúdo para Read more

Como abrir sua empresa em Portugal sendo brasileiro
Abrir empresa em Portugal

Portugal nos últimos anos tem se destacado como um dos melhores destinos para brasileiros que querem empreender fora do Brasil. Read more