Conhecer bem o mercado é essencial para sobreviver em Portugal

Tempo estimado de Leitura: 11min

Postado em 5 de maio de 2021 /
Compartilhe:

Caminhando dias destes pelas ruas de Lisboa, entrei numa situação interessante, mas com um bom toque de pavor. Eu já estava há duas semanas em Portugal, em mais uma estadia de trabalho na sede da nossa empresa em Lisboa. 

Passava das 23h e após um jantar com empresários locais, resolvi ir a pé para casa ao invés de pedir um Uber. Bem, se você já esteve em Portugal sabe como é gostoso caminhar pelas ruas de lá. Prédios antigos em perfeito estado e muita vida noturna fazem desta capital europeia um dos lugares mais visitados do mundo.

Em posse do meu celular, justamente sendo meu guia até minha casa, entrei em um túnel até um pouco escuro sem nem pensar em nada em relação ao local. Confesso. Dois a três dias que estou em Portugal, esqueço completamente da violência que temos no Brasil. Caminho por todos os lugares com o celular sem ter nenhuma preocupação.

Mas o fato deste meu retorno para casa naquela noite, faria com que eu reconhecesse mais alguns pontos em minhas certezas sobre Portugal. Bem, eu entrei no túnel, e quase no seu final, logo após uma curva, percebi dois homens na saída do túnel muito perto um do outro em um comportamento muito suspeito.

Na hora congelei! Sou carioca e morei em São Paulo por mais de 20 anos. Naquele instante, tive a certeza que seria roubado e meu celular seria levado embora. Por alguns segundos, achei que a melhor maneira de passar por aquilo seria guardar o celular no bolso, mas instantaneamente não foi isso que fiz. 

Continuei a caminhar com meu celular na mão, mesmo com o coração gelado percorri os últimos metros. Ao chegar perto deles para meu maior pavor, ouvi apenas uma voz que dizia. “Boa Noite”. 

Comecei a rir e pensei: não estou em São Paulo e se estivesse em São Paulo ou no Rio de Janeiro com certeza não entraria naquele túnel escuro naquela hora da noite. Mas o que fica evidente para mim é que quando se sabe onde está, podemos saber por onde caminhar. 

Portugal não é o Brasil. Por isso, o conhecimento é fundamental para que você não subestime os desafios, mas também não ignore as oportunidades.

 

 

AS DIFICULDADE DE PORTUGAL QUE NINGUÉM CONTA PARA VOCÊ

Somos impactados a todo momento com uma enorme quantidade de informação que nos remete às grandes oportunidades que existem em Portugal. Bem, isso é sim verdade, mas em uma economia pequena como a portuguesa, você precisa ter claro que é muito desafiador conseguir crescer enquanto empresa ficando apenas em Portugal.

Seu negócio precisa ter escala para a Europa e assim acessar um mercado centenas de vezes maior. Por outro lado, será em Portugal que você irá criar as bases para este crescimento. 

Em uma reunião com um cliente, dias atrás, ele se assustou com a baixa lucratividade do mercado de Portugal quando ele comparava as margens que tinha no Brasil. Afirmei a ele que era verdadeira sua constatação, mas havia neste ponto um entendimento que ele não poderia deixar de fazer.

A carga tributária de Portugal é alta mas temos em contrapartida um estado que devolve. Sistema de saúde gratuito, educação de primeiro mundo, o segundo país mais seguro do mundo (lembra da minha caminhada no túnel?), sistema de transporte eficiente e qualidade de vida sem comparação com qualquer lugar do planeta. 

Quando você soma tudo isso, você acaba entendendo que fazer o correto estudo tributário e organizar suas finanças entendendo a dinâmica dos impostos é muito interessante.

Outro ponto são as diferenças culturais. Estamos muito distantes de falar a mesma língua. Da literalidade a forma cantada que eles falam e agem, somos completamente diferentes. São comuns os inconvenientes que os brasileiros passam em Portugal por acharem que sabem o que os portugueses estão querendo dizer.

No mundo dos negócios subestimar a comunicação e o que realmente importa para eles, afinal nós é que somos estrangeiros, pode custar a você fechar muitas portas em um país pequeno em que o networking e a rede de conexões que você irá fazer será fundamental para seu sucesso. 

Alguns dias atrás, escrevi um artigo sobre as dificuldades. Vale a pena sua leitura pois este tema é muito relevante para você aprofundar ainda mais os pontos que externei aqui. 

https://www.atlantichub.com/2021/02/03/empreender-em-portugal-nao-e-facil/ 

 

 

CONHECIMENTO É A BASE PARA SUA TOMADA DE DECISÃO

Conhecer o mercado de Portugal é essencial para sua tomada de decisão. Quando pensamos em o que é conhecer Portugal, estou falando muito além do que normalmente acreditamos ser o suficiente. 

Veja que em muitos casos, encontramos empresários que viajam para Portugal em busca das informações e voltam muito mais frustrados do que quando foram. Recentemente, fizemos inclusive um estudo para detalhar o valor que estas viagens demandam. 

A grande questão além do tempo dedicado a esta viagem e do valor investido é a sensação de como os empresários voltam de Portugal. Eles voltam dizendo que encontraram empresas que prestam ou vendem produtos que eles querem levar, mas não conseguiram informações além do superficial. 

Neste artigo, detalho ainda mais como normalmente acontece em viagens de prospeção.

https://www.atlantichub.com/2020/09/23/viagem-para-prospectar-negocios-em-portugal-vale-a-pena/

Conhecer o mercado de Portugal passa muito além de uma simples visão superficial. Lembre-se sempre que Portugal é a porta de entrada para um mercado com mais de 700 milhões de habitantes além de acesso ao continente africano, América do Norte, Ásia e China através de inúmeros acordos bilaterais tanto da União Europeia como de Portugal.

Criamos um ciclo de análise dos mercados sempre focando no segmento definido como interessante para os nossos clientes. Partimos dos pilares que chamamos de ‘pilares do sucesso’, fruto de nossos estudos e experiência dos últimos seis anos. 

Ecossistema de negócios, concorrência, mercado, segmento de mercado, análise financeira do segmento,  linhas de financiamento e análise SWOT.  

Detalho cada um destes pontos no artigo abaixo. Conhecer o mercado de Portugal, como enfatizei, precisa ser bem mais detalhado do que pensamos. Neste quesito, nada de paixão, mas sim de dados consistentes para sua melhor tomada de decisão.

https://www.atlantichub.com/2020/07/08/os-sete-pilares-de-sucesso-para-abrir-seu-negocio-em-portugal/

 

 

COMECE CERTO E ACREDITE, VALE A PENA

Começar certo é fundamental. Com dezenas de mercados estudados, estudo a estudo temos validado a tese de que quanto mais preparado o empresário estiver, maior a sua chance de sucesso. 

Vale a pena contratar um estudo? Bem, acreditamos que sim, se quiser saber detalhes sobre como atuamos no estudo e diagnóstico de mercado que desenvolvemos o Market Fit, veja o artigo que escrevi sobre este tema. 

https://www.atlantichub.com/2021/02/23/o-que-e-o-atlantic-marketfit-a-melhor-maneira-para-levar-seu-negocio-para-portugal/

Acreditamos que um processo de internacionalizar uma empresa para Portugal ou abrir uma nova empresa por lá passa por combinar com todos os envolvidos. Alinhar com sua família, parentes e envolvidos faz todo sentido.

Mesmo Portugal estando a pouco mais de dez horas do Brasil, mudar de país é sempre um desafio enorme, não subestime. 

No artigo abaixo, fiz muitas ponderações sobre este tema, vale a pena você conferir. 

https://www.atlantichub.com/2020/12/15/ja-combinou-com-sua-familia-sobre-morar-em-portugal/

Nossa experiência de mais de seis anos auxiliando empresários brasileiros para crescer pelo mundo através de Portugal facilita, encurta e inova no seu processo e projeto. 

Se quiser conversar comigo, terei o maior prazer em ajudá-lo neste processo para Portugal.

https://materiais.atlantichub.com/seu-produto-ou-servico-tem-mercado-em-portugal

 

 

Sobre o autor,

Benício Filho – Formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC SP, com MBA pela FGV em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios, pós-graduado em Vendas pelo Instituto Venda Mais, Mestrando pela Universidade Metodista de São Paulo na área de Educação e pós-graduado em Psicanálise pelo Instituto Kadmon de Psicanálise. Atualmente também está concluindo o curso de bacharelado em Filosofia pela universidade Salesiana Dom Bosco. Atua no mercado de tecnologia desde 1998. Fundador do Grupo Ravel de Tecnologia, Cofundador dá Palestras & Conteúdo, Sócio da Core Angels (Fundo de Investimento Internacional para Startups), sócio fundador da Agência Incandescente, sócio fundador do Conexão Europa e da Atlantic Hub (Empresa de Internacionalização de Negócios em Portugal), atua também como Mentor e Investidor Anjo de inúmeras Startups (onde possui cerca de 30 Startups em seu Portfólio), além de participar de programas de aceleração como SEBRAE Capital Empreendedor, SEBRAE Like a Boss, Inovativa (Governo Federal) entre outros. Palestrando desde 2016 sobre temas como Cultura de Inovação, Cultura de Startups, Liderança, Empreendedorismo, Vendas, Espiritualidade e Essência, já esteve presente em mais de 230 eventos (número atualizado em dezembro de 2020). É conselheiro do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul), bem como em outras empresas e associações. Lançou em dezembro de 2019 o seu primeiro livro “Vidas Ressignificadas” e em dezembro de 2020 “Do Caos ao Recomeço”.

 

Compartilhe:

Posts Relacionados


Os erros mais comuns na internacionalização de empresas

Como tem sido interessante estudar os diversos segmentos de negócios no Brasil para internacionalizar para o mundo através de Portugal. Read more

Afinal, o que é o Franchising?

Afinal, o que é o Franchising? Aqui vai uma breve história Se você é brasileiro, muito provavelmente, pela influência americana, Read more

O que é e como funciona o desalfandegamento em Portugal?

Você sabe o que significa o termo desalfandegamento? A palavra é longa e tem tudo a ver com a exportação Read more

Conhecendo o Bacalhau que tanto amamos

Bem, começo este artigo dizendo que sou um apreciador deste prato. Comer um bacalhau com frequência, confesso que é um Read more