Internacionalizando sua empresa: a importância de ter um escritório em Portugal

Tempo estimado de Leitura: 6min

Postado em 13 de maio de 2021 /
Compartilhe:

É verdade que estamos vivendo um período onde tudo acontece on-line: compras, ensino, reuniões, trabalhos, negociações, e por aí vai. Mas, contar com um escritório em Portugal, para nós, é sinônimo de mais credibilidade, confiança e certeza tanto para os negócios quanto para a relação com nossos clientes.

A pandemia veio e nos mostrou muita coisa, mas aquele momento olho no olho ainda continua sendo de extrema importância – mesmo que a máscara cubra sorrisos, enquanto nos protege de doenças – e por isso, no conteúdo de hoje vamos abordar sobre o significado de não só se fazer presente, mas a importância em estar presente em muitos casos. Não só a sua empresa, mas os seus clientes também agradecem por isso!

 

 

A necessidade de um escritório em Portugal

Para quem está buscando internacionalizar a sua empresa ou negócio, é importante ter isso em mente: o presencial ainda acontece e é tão importante como era antes. A única diferença que temos atualmente é que a possibilidade de exercer profissões se expandiu para o virtual.

No entanto, imagine se consultar com um educador físico que nunca treina. Ou então com um nutricionista que só se alimenta de fast food. Não passa nenhum tipo de credibilidade, né? Dependendo do seu negócio ou empresa, o mesmo vale para o fato de não estar presente em Portugal.

E apesar do digital ter ganhado força – por pura questão de obrigatoriedade – ainda temos uma grande movimentação em shoppings, lojas físicas, restaurantes e por aí vai. Nada muda a experiência do presencial, do contato humano e da força que é ver aquilo com os próprios olhos.

Isso também está diretamente relacionado ao comportamento do consumidor e, se aprofundando no seu público, você pode entender ainda mais essa necessidade. Ainda tem coisas que só funcionam presencialmente, ou pessoas que não são adeptas ao digital, por exemplo.

 

 

Espaço físico para quem está começando

Nós já falamos sobre isso em nosso blog, mas internacionalizar uma empresa requer bastante planejamento, inclusive o do espaço próprio e até mesmo a contratação de novos colaboradores.

Já falamos sobre o custo real da abertura de empresa, salário mínimo para contratação de pessoas e muito mais, tudo para mostrar como é possível tornar esse projeto de vida real, que muitas pessoas ainda acreditam ser impossível.

Até como complemento, aqui vão dois conteúdos importantíssimos e que devem ser pensados ainda durante o planejamento da expansão do seu negócio: Salário mínimo em Portugal: qual o real custo para as empresas? e o essencial para esse momento Quais são os custos e despesas para manter uma empresa em Portugal?

Mas, e para quem está começando agora? Ou que ainda não gera tanto lucro assim para ter um lugar próprio? Pois bem, a boa notícia é que sempre temos solução para tudo por aqui.

Na maioria dos casos, quem sonha em internacionalizar uma empresa ou abrir seu próprio negócio em Portugal, também sonha em viver no país estrangeiro e construir uma nova vida por lá. Por esse motivo, defendemos tanto a ideia da abertura de um escritório próprio.

Mas, se a condição não for (ainda) de um escritório, uma ótima opção que já é tendência em muitos lugares e que, com certeza veio para ficar, é o uso de espaços compartilhados ou co-working, como são chamados.

Além de um espaço físico, também é possível contar com um networking excelente de empresários que estão vivendo a mesma situação que você e em busca de uma troca tão rica quanto a sua, além de toda a infraestrutura construída e oferecida pelo espaço. Lugares assim são como um abrigo para quem trabalha sozinho ou um grupo, mas que busca um ambiente mais profissional – seja para concentração, reuniões ou qualquer outro motivo.

Para quem já está em Portugal, com o projeto em andamento e conquistando cada vez mais o tão esperado sucesso europeu, essa continua sendo uma opção válida. Afinal, um espaço colaborativo oferece aquilo que falamos no começo justamente sobre se fazer presente.

Atlantic Hub em Portugal

Nós sabemos mais do que ninguém sobre a importância de ter um escritório em Portugal. Até porque, nada mais fiel ao que oferecemos aos nossos clientes do que ser uma empresa que internacionaliza negócios e marcas, estando devidamente alocada em ambos os países, não é mesmo?

Vimos na prática como isso nos deu credibilidade e até mesmo confiança para expansão. Além disso, estar presente em Portugal nos trouxe mais oportunidades por lá. Contatos, fornecedores, alianças, parceiros. De repente, nos tornamos parte de Portugal, e a expansão foi ainda mais além.

Seja em um escritório grande ou dividindo mesa com outros empresários em um co-working, esteja presente e deixe Portugal se fazer presente em você também. Sem isso, sua jornada não estará completa!

 

Compartilhe:

Posts Relacionados


Os custos para manter um escritório em Lisboa

A retomada das atividades, mesmo que de forma gradual, como já vem acontecendo em muitos segmentos, e com a imunização Read more

Atlantic Station – Seu Hub de inovação em Portugal

O tempo passa rápido e, assim como eu, você também deve perceber isso. Imagine que a pouco mais de cinco Read more

Visto D2 para empreendedores em Portugal: o que é e como adquirir

Se você quer abrir uma empresa em Portugal ou quer trabalhar no país como autônomo, saiba que existe uma possibilidade: Read more

Agências de Publicidade: do Brasil para o mundo

Basta realizar uma busca nos sites de emprego para verificar que há muitas vagas em agências de publicidade para os Read more