A oportunidade de formação profissional em Portugal

Tempo estimado de Leitura: 18min

Postado em 13 de julho de 2021 / ,
Compartilhe:

Muitas são as possibilidades para os brasileiros que desejam e querem iniciar uma nova vida em Portugal. Uma delas que chama muito a minha atenção, se dá por meio de uma formação educacional.

Ao longo dos anos foram muitos os movimentos de brasileiros procurando formação em Portugal. Os dentistas que podem atuar profissionalmente por lá talvez seja um dos exemplos mais conhecidos. 

Os advogados também têm sua constante busca por aperfeiçoamento em cursos de Pós- Graduação ou Graduação mesmo. Mas são os profissionais ligados a carreiras tecnológicas ou a administração que têm construído um maior volume nestes últimos cinco anos.

Recentemente, um grupo de contadores do Nordeste fez um estudo profundo conosco sobre um Mestrado na área de tributos internacionais, sendo essa uma segunda formação destes empresários que já haviam feito um aperfeiçoamento por lá. 

Outro caso interessante é uma grande Universidade de São Paulo, na verdade um grupo escolar com mais de 30 mil alunos que iniciou conosco um projeto de internacionalização através de Portugal.

O que quero trazer a você é que existe uma oportunidade para os brasileiros que querem estudar em Portugal. Se você quer saber mais sobre o ensino médio para seus filhos, escrevemos um artigo sobre este tema, onde explicamos o sistema educacional para estrangeiros.

Antes de relacionar algumas Universidades que podem oferecer a formação que você gostaria de fazer em Portugal, vamos entender algumas tendências deste segmento. 

 

 

TENDÊNCIA (1)  – DESENVOLVIMENTO DE SOFT SKILLS 

As soft skills são uma tendência com cada vez mais destaque nas etapas de recrutamento, seleção e valorização dos profissionais, independente da área de atuação. Um relatório do Fórum Econômico Mundial refere que entre as habilidades mais necessárias para as empresas estão a resolução de problemas complexos, o pensamento crítico e a criatividade. 

Assim sendo, é necessário que a educação seja pensada nesse sentido, sendo uma tendência crescente no mercado da educação a oferta de cursos e especializações desenhadas para ir ao encontro do desenvolvimento das soft skills em alunos. Estes aspetos verificam-se sobretudo ao nível da educação superior e da educação ao longo da vida.

TENDÊNCIA (2) – BLENDED LEARNING

O ensino híbrido, também denominado de blended learning, é uma prática que está a ganhar terreno no mercado e que procura a combinação de práticas pedagógicas entre o ensino presencial e o ensino digital à distância.

Com esta abordagem possibilita-se o desenvolvimento de trabalhos em grupo e a criação de um maior espaço para o desenvolvimento de competências tanto de raciocínio como de argumentação. Com o recurso às aulas virtuais, permite-se ao aluno a recolha e aprofundamento dos conhecimentos de modo a levar dúvidas para as aulas presenciais. 

Esta modalidade de ensino é especialmente relevante ao nível da educação superior e da educação para adultos. Você pode inclusive fazer uma formação on-line com parte dela presencial. Fazendo assim uma experiência de conhecer os costumes e cultura de Portugal. 

Esse tipo de ensino também permite conciliar, de forma mais fácil, a vida profissional com a educação, sendo este muitas vezes um aspecto considerado essencial na escolha de um curso e de uma instituição de ensino.

TENDÊNCIA (3) – ALUNOS NÃO TRADICIONAIS 

Nos últimos anos, tem-se verificado um aumento do número de alunos “não-tradicionais” no ensino superior em Portugal. Como alunos “não-tradicionais” consideram-se alunos que não pertencem a faixa etária dos 18 aos 24 anos de idade, que corresponde, tradicionalmente, a idade mais comum de alunos que frequentam o ensino superior. 

O aumento exigente do mercado de trabalho tem criado esta nova tendência, tendo a formação ao longo da vida cada vez mais adeptos. Esta tendência vem também retificar a importância da tendência anterior: é necessário que os estabelecimentos de ensino se preocupem cada vez mais com este tipo de aluno, oferecendo modalidades de aulas e de cursos que se adaptem a profissionais empregados.

Esta tendência do mercado de ensino em Portugal expressa o que temos dito ao longo deste artigo. Existe uma mudança importante no ensino em Portugal, o que representa uma boa oportunidade para nós. 

TENDÊNCIA (4) – INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E REALIDADE VIRTUAL

Cada vez mais as tecnologias têm um papel crucial na educação, não conferindo apenas aos alunos acesso a tremendas quantidades de informação, mas também através da melhoria da qualidade do ensino. 

Cada vez mais instituições de ensino estão desenvolvendo ferramentas de IA, como forma de agilizar processos administrativos e para transformar a experiência dos alunos, tornando a educação mais flexível e aumentando a sua qualidade.

A Realidade Virtual também terá um papel crucial na educação do futuro. Este setor é um dos que mais irá beneficiar deste tipo de tecnologias. Muitas instituições de ensino estão já a implementar soluções com esta tecnologia, tais como aulas e explicações virtuais. 

Em 2018, o setor da educação foi o segundo a atrair mais investimento para a tecnologia da realidade virtual. A pandemia causada pela Covid-19 veio despertar ainda mais o interesse por estas tecnologias no setor da educação.

TENDÊNCIA (5) – AUMENTO DO USO DE ANALÍTICA

Ferramentas analíticas terão cada vez mais importância no futuro do setor da educação, no que diz respeito à qualidade do ensino oferecido aos alunos, como, por consequência, à taxa de retenção de alunos no ensino. 

O uso de predictive analytics é já uma prática muito usual por parte de instituições de ensino, que permite aos professores e responsáveis compreender as principais dificuldades dos seus alunos e, por consequência, melhorar os resultados obtidos pelos alunos. 

Permite também focar o marketing e a comunicação das instituições de forma mais incisiva para futuros alunos.

TENDÊNCIA (6) – ENSINO ON-LINE

Para além do blended learning, o ensino exclusivamente on-line é cada vez mais considerado uma tendência. Existem cada vez mais trabalhadores estudantes no ensino superior, que necessitam coordenar as suas vidas profissionais com os estudos, e esta é mais uma forma de o fazer. 

Verificou-se também um aumento muito acentuado na procura deste tipo de formação no ano letivo presente, devido à pandemia causada pela Covid-19.

Existem muitas Universidades de ponta em Portugal. Vou relacionar algumas delas e apresentar mesmo que brevemente um resumo de sua atuação.

 

 

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

Fundada em 1967, a Universidade Católica Portuguesa é uma Universidade de matriz humanista focada na produção de investigação transformadora e na formação de cidadãos e profissionais educados e competentes. Prometem que continuarão a inovar na educação, na produção de ciência de vanguarda e investir nas pessoas e na renovação das suas infraestruturas. 

Assim sendo, procuram potencializar as capacidades criativas dos seus alunos,  inspirando-os a fazer sempre melhor com ambição e tendo como fim o bem comum.

A UCP tem procurado alinhar a oferta académica às necessidades dos consumidores e do mercado de trabalho, enquanto promove uma aprendizagem contínua após a conclusão de programas que conferem um grau acadêmico. 

Desta forma, a UCP disponibiliza uma vasta oferta de programas não conferentes de grau, como pós-graduações, cursos de formação avançada, formação executiva e soluções customizadas, dirigidos a todos os profissionais que pretendem continuar a desenvolver competências acadêmicas.

Para além disto, a UCP destaca-se por incluir na sua oferta formativa cursos de ensino à distância, quer em regime b-learning (formação à distância e formação presencial), quer em regime e-learning, desde 1994.

O curso é adaptável às circunstâncias pessoais e profissionais dos estudantes, sobretudo para quem pretenda conciliar uma atividade profissional com estudos de nível superior ou adquirir uma sólida formação complementar. Estes cursos são também dirigidos a residentes fora do país e a estudantes oriundos dos países lusófonos.

UNIVERSIDADE LUSÓFONA

A Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias é a maior Universidade privada em Portugal e é parte integrante do subsistema particular e cooperativo do ensino superior português. 

Tem como missão central contribuir através das suas atividades de ensino e investigação para o desenvolvimento científico, cultural, económico e social de Portugal e de todos os países onde se fala a língua portuguesa.

Em ordem à prossecução dos seus objetivos, a Universidade desenvolve atividades de formação, investigação e prestação de serviços nas mais diversas áreas do conhecimento relevantes para a sociedade, e procura constantemente e de forma ativa constituir-se como um parceiro válido e imprescindível para todos aqueles que, como ela, acreditam que a formação superior e o conhecimento são os principais elementos impulsionadores do desenvolvimento e progresso da sociedade.

A Universidade Lusófona está comprometida com a promoção da educação, da ciência e da cultura em todos os países onde se fala a língua portuguesa, incluindo assim cursos de educação à distância.

PAULA FRASSINETTI – ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO 

A Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti (ESEPF) pertence à Congregação das Irmãs Doroteias, que dinamizam uma vasta rede internacional de instituições educativas em 16 países, as quais, no seu conjunto, mobilizam 5 mil professores para ensinar 42 mil alunos. 

No espaço europeu, integra a Rede Educa-Dor de 22 instituições educativas. Em Portugal, articula- se com os onze (11) centros educativos da Congregação que educam alunos em todos os níveis de ensino, desde a creche ao ensino superior.

Conta com mais de 50 anos de existências e tem como missão formar integralmente profissionais, na área da Educação, de excelência científica e pedagógica reconhecida, através da articulação do estudo, do ensino e da investigação científica orientada, cuja ação venha a contribuir para uma sociedade mais justa e solidária, própria de uma cultura da vida.

Fazem parte da sua oferta Licenciaturas, Mestrados de Especialização e Pós-graduações em regime presencial, de e-learning e b-learning.

EDU PORTUGAL

A Edu Portugal é uma empresa de consultoria educacional e com marca registada, pela empresa Viral Taste Unipessoal Lda, entidade privada, localizada no Concelho de Cascais.

Conta com 3 anos de atuação em Portugal e com mais de 24.000 estudantes brasileiros interessados em estudar por lá, sendo responsável pelo ingresso direto de mais de 450 estudantes atualmente, distribuídos pelas melhores instituições portuguesas.

Foca-se no auxílio de brasileiros que queiram e estejam interessados em fazer uma graduação, pós-graduação, especialização, MBA, mestrado, doutorado ou pós-doutorado em Portugal. 

Somado a isto, fornece também o reconhecimento de diplomas estrangeiros e reconhecimentos profissionais de forma a que profissionais brasileiros possam exercer legalmente as duas profissões em território português.

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA 

A Universidade NOVA de Lisboa, enquanto instituição de ensino superior pública, tem por missão servir a sociedade a nível local, regional e global, pelo avanço e disseminação do conhecimento e da compreensão entre culturas, sociedades e pessoas, através de um ensino e de uma investigação de excelência e de uma prestação de serviços sustentados num forte sentido de comunidade e com os seguintes componentes:

Um ensino com perfil internacional com ênfase nos segundos e terceiros ciclos, mas fundado em primeiros ciclos sólidos, focado nos seus estudantes e dotando-os de conhecimentos rigorosos, criatividade, espírito crítico e sentido de cidadania e de justiça que lhes permita o sucesso profissional e liderança.

Uma investigação colaborativa, responsável e internacionalmente relevante, privilegiando áreas interdisciplinares e incluindo a investigação orientada para a resolução dos problemas que afetam a sociedade.

Uma prestação de serviços promotora da solidariedade e desenvolvimento sustentável, nos planos da saúde, económico, tecnológico, cultural e social, alicerçada na região de Lisboa e comprometida a nível nacional e internacional, dedicando particular atenção aos países onde se fala a língua portuguesa.

Uma base alargada de participação interinstitucional, voltada para a integração das diferentes culturas científicas, com vista à criação de sinergias inovadoras para o ensino e para a investigação.

 

 

POR ONDE COMEÇAR?

Você deve ter percebido que tanto é tendência estudar em Portugal devido a todos os argumentos que você já percebeu como é realmente uma oportunidade. 

O primeiro passo é definir o que você quer. Estudar uma graduação, fazer uma pós-graduação ou mesmo começar uma vida em Portugal. Recomendo a você que acredite neste projeto de recomeçar uma vida em Portugal.

Em nossa visão, não faz nenhum sentido começar um projeto como esse sem que sua família esteja alinhada com ele. Portanto, você combinou com sua família este projeto?

Planejar é fundamental, mas lembre-se, em Portugal nós somos os estrangeiros, por mais que eles sejam acolhedores. Esteja na companhia correta. Marque um momento e vamos juntos para Portugal.

Nossa experiência de mais de seis anos auxiliando empresários brasileiros para crescer pelo mundo através de Portugal facilita, encurta e inova no seu processo e projeto. 

Se quiser conversar comigo, terei o maior prazer em ajudá-lo neste processo para Portugal.

Caso tenha interesse em saber se a sua graduação tem validade em Portugal, navegue pelo site, Direção Geral do Ensino Superior e pesquise sua área de atuação. 

 

Quer levar sua empresa para Portugal

 

Sobre o autor,

Benício Filho – Formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC SP, com MBA pela FGV em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios, pós-graduado em Vendas pelo Instituto Venda Mais, Mestrando pela Universidade Metodista de São Paulo na área de Educação e pós-graduado em Psicanálise pelo Instituto Kadmon de Psicanálise. Atualmente também está concluindo o curso de bacharelado em Filosofia pela universidade Salesiana Dom Bosco. Atua no mercado de tecnologia desde 1998. Fundador do Grupo Ravel de Tecnologia, Cofundador dá Palestras & Conteúdo, Sócio da Core Angels (Fundo de Investimento Internacional para Startups), sócio fundador da Agência Incandescente, sócio fundador do Conexão Europa e da Atlantic Hub (Empresa de Internacionalização de Negócios em Portugal), atua também como Mentor e Investidor Anjo de inúmeras Startups (onde possui cerca de 30 Startups em seu Portfólio), além de participar de programas de aceleração como SEBRAE Capital Empreendedor, SEBRAE Like a Boss, Inovativa (Governo Federal) entre outros. Palestrando desde 2016 sobre temas como Cultura de Inovação, Cultura de Startups, Liderança, Empreendedorismo, Vendas, Espiritualidade e Essência, já esteve presente em mais de 230 eventos (número atualizado em dezembro de 2020). É conselheiro do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul), bem como em outras empresas e associações. Lançou em dezembro de 2019 o seu primeiro livro “Vidas Ressignificadas” e em dezembro de 2020 “Do Caos ao Recomeço”.

Compartilhe:

Posts Relacionados


Atlantic Station: um novo hub de negócios e networking em Portugal

Uma collab entre Martinhal e Atlantic Hub Imagine contar com um lugar recém-inaugurado para sua chegada em Portugal? É isso Read more

Afinal, o que é o Franchising?

Afinal, o que é o Franchising? Aqui vai uma breve história Se você é brasileiro, muito provavelmente, pela influência americana, Read more

Setor de saúde para negócios em Portugal

Muitos setores têm ganhado destaque nos últimos anos em Portugal e a saúde é um deles. Confira nosso conteúdo para Read more

Como franquear a sua marca em Portugal?
Como franquear a sua marca em Portugal

Quer saber como franquear a sua marca em Portugal? Pois bem, sempre que falamos em internacionalização de uma empresa, não Read more