Custo de vida em Portugal em 2022

Tempo estimado de Leitura: 7min

Postado em 3 de março de 2022 /
Compartilhe:

Um dos aspectos que mais influencia na decisão de quem planeja morar em outro país é o custo de vida. Sem dúvida entender quais são os principais gastos e o que eles representam frente aos salários é essencial para tomar uma decisão. 

Neste artigo vamos apresentar em detalhes o custo de vida em Portugal e quais aspectos pesam mais no orçamento.

O custo de vida em Portugal gira em torno de 1.500€ a 2.000€ para duas pessoas. Mas é importante ter em mente que são vários os fatores que influenciam no custo final, desde a cidade escolhida até o número de pessoas na família, passando ainda pelo padrão de vida estabelecido.

 

 

Custo x poder de compra

Se comparado aos demais países europeus, o custo de vida em Portugal não é alto, pelo contrário, é o mais baixo entre os países da Europa Ocidental. No entanto, com os salários consideravelmente mais baixos (se comparado com outros países), o poder de compra da população também é menor.

Comparando Portugal e Brasil, o custo de vida é maior em terras lusas, mas o poder de compra também (cerca de três vezes maior com relação ao Brasil). O custo de vida em Portugal vai depender especialmente da cidade na qual se vive. Isso porque um dos aspectos que mais reflete nos gastos de quem vive no país é o valor da moradia.

 

Custo de vida em Lisboa e Porto

A capital portuguesa é a cidade mais cara do país para se viver. Porto, a segunda cidade mais importante, também tem um custo de vida mais elevado, porém mais baixo, se comparado a Lisboa. A média de valores para um apartamento de 1 quarto, por exemplo, variam de 674 euros (Porto) até 864 euros (Lisboa).

No geral, o custo de vida no Porto é cerca de 5% mais barato que em Lisboa, sem considerar o aluguel. Os gastos com alimentação variam de 7 a 40 euros, dependendo do tipo de restaurante. 

Entre os países europeus, Portugal está entre os mais baratos para compras no mercado. Itens essenciais como frutas, legumes, pão e leite variam de 0,50 a 1,90 euros, dependendo do item. Carnes de peixe, frango ou vermelhas valem de 4 a 9 euros o kg (dependendo do corte).

Morar na Europa tem uma série de vantagens quando falamos em alternativas de lazer. Concertos, espetáculos e acesso a museus e centros culturais, quando não são gratuitos, têm um custo bem acessível e oferecem um universo de história e conhecimento. 

Em Portugal, todo o primeiro domingo do mês uma série de museus abre as portas para visitação gratuita. Basta organizar a agenda e você pode não gastar nenhum centavo com isso. 

Para além destas alternativas, as academias (ginásios), cinemas e prática de esportes também devem ser consideradas no seu orçamento. As assinaturas de academia variam de 32 a 46 euros, enquanto ingressos de cinema custam em média 7 euros por pessoa.

Quando se trata de criar filhos, o que não faltam são opções de escolas de excelente qualidade  –  a maior parte delas, gratuitas! O ensino no país é público e oferecido pelo governo até o final do secundário – o nosso ensino médio no Brasil. E o sistema educacional português é reconhecido como um dos melhores da Europa. 

Além disso, o ensino público oferece uma excelente formação em línguas. Fora o inglês, disponibiliza o aprendizado de um outro idioma incluído no currículo escolar: francês ou alemão. 

Há, ainda, um sistema de distribuição gratuita dos livros/manuais escolares. É isso mesmo, na maioria dos casos os livros também são oferecidos pelo governo, bastando devolvê-los no final do ano letivo para receber os do próximo. Sem pagar nada. 

Para quem opta pelas escolas particulares, os gastos mensais por criança variam de 415 a 500 euros no jardim de infância (período integral) e 680 a 1.083 euros para a escola primária. 

O transporte público em Portugal é super funcional. Grande parte das cidades usa o sistema de cartões e passes unificados. Lisboa e Porto possuem uma logística de passes integrados para uso inclusive nas cidades que integram as regiões metropolitanas.O custo de vida em Portugal no que tange o transporte público é bem interessante para quem pretende usá-lo com frequência.  

Em Lisboa o bilhete adquirido no autocarro/ônibus para viagens ocasionais, ou seja, o bilhete único, custa € 2,00. Já para o elétrico, aqueles bondinhos charmosos, a passagem custa € 3,00. O litro da gasolina para aqueles com carro varia de 1,56 a 1,65 euros. 

Os custos de vida em Portugal, relativos à saúde, são considerados baixos, desde que você não opte apenas pelo serviço particular.  

O serviço de saúde pública em Portugal é muito bom, barato, mas não é gratuito. No SNS, uma pessoa cadastrada como utente, irá pagar para um médico de família 5€ a consulta. Para um atendimento de emergência em hospital público, a taxa é de 18€ com exames incluídos. Já para quem opta por um plano de saúde em Portugal, muitas vezes pela agilidade do atendimento, irá desembolsar mensalmente cerca de 15€.   

Porém, a principal diferença para o sistema de plano de saúde particular do Brasil, ele não te dará 100% de cobertura. Em Portugal ele serve como co-participação, e te ajudará a abater o valor da consulta particular. Essa consulta custa a partir de 50€.

 

Compartilhe:

Posts Relacionados


2022, um ano para não esquecermos.

Sabe aquela cena em que você, dentro do trem em alta velocidade, olha pela janela e vê apenas vultos do Read more

Atlantic Awards e a melhor startup brasileira de 2022

O Atlantic Connection já aconteceu, mas desde o evento nós só conseguimos pensar em uma coisa: o impacto que nosso Read more

Requisitos para entrada de brasileiros em Portugal em 2022

Planejamento uma viagem para a Europa? No conteúdo de hoje, vamos te apresentar os principais requisitos para a entrada de Read more

Atlantic Connection 2022, percepções e insights

O Atlantic Connection 2022 retorna ao formato presencial e neste ano, literalmente, se consolida como o principal evento do Brasil Read more