Reflexões sobre o Web Summit, a Indústria 4.0

Tempo estimado de Leitura: 12min

Postado em 17 de maio de 2022 /
Compartilhe:

O IOT e a Indústria 4.0 já são uma realidade, e foram assuntos no Web Summit de 2021, de onde tive insights para refletirmos juntos neste texto. Afinal, que vivemos uma enorme transformação em nosso modo de viver isso já não é mais novidade para ninguém. 

O que tenho presenciado, no entanto, é como a tecnologia já está tão intimamente ligada ao nosso dia a dia que às vezes tenho a impressão que se tirarmos alguns componentes tecnológicos da vida, teremos enormes problemas.

Você assim como eu sabe a dor de cabeça que é ficar sem o celular nos dias atuais. Das chamadas telefônicas clássicas às mensagens de Whatsapp frenéticas, não conseguimos ficar sem estes aparelhos móveis. 

O mais intrigante mesmo é que estamos reféns deles. Bancos, redes sociais, e-mails e tudo mais que eles podem assumir se tornaram essenciais em nossa vida.

Por estes dias em Portugal, acabei tendo um problema em meu celular. Precisei formatá-lo e, ao descobrir as dores de cabeça para validação da segurança em duas pontas por SMS, estando com um chip de Portugal e tendo o meu do Brasil desativado, percebi na pele como é complicada essa nossa dependência. 

Do caos ao recomeço, nossa dependência da tecnologia

Logo no início da pandemia, fomos surpreendidos pela necessidade de migrarmos ainda mais para o modelo tecnológico de viver. 

Destas mudanças, surgiram ainda mais dependência dos artefatos tecnológicos e de tudo que eles proporcionam. 

Da pandemia que ainda vivemos, está bem complicado saber para onde vamos. Afinal, somos,  como tenho dito em alguns textos que produzo, agentes históricos. 

Um livro porém já foi um resultado concreto das minhas reflexões e mais de cem artigos nos últimos meses. 

Do caos ao recomeço é um mergulho em nossa humanidade, na esperança de que a pandemia nos leve para um novo estágio de evolução.

Mas não nos enganemos. A tecnologia nunca mais ficará distante das nossas vidas. E sobre ela, quero dedicar algumas reflexões e tendências.

A Indústria 4.0

Você já deve ter ouvido falar em indústria 4.0 e no mercado de IoT. A Indústria 4.0 foca-se na digitalização total dos ativos físicos e na sua integração em ecossistemas digitais com os vários parceiros da cadeia de valor. 

Gerar, analisar e comunicar a informação é fundamental para alicerçar os ganhos que advêm da Indústria 4.0, que alia uma grande variedade de novas tecnologias com a procura da criação de valor.

A indústria 4.0 engloba diversos eixos, como é possível verificar na figura seguinte:

Eixos da indústria 4.0:

A Indústria 4.0 veio aumentar significativamente as oportunidades de reter e aumentar a relação com os clientes, tornando a disputa por estes ainda mais intensa. 

Com os novos avanços tecnológicos, a possibilidade de captação de cada vez mais informação, os produtos, os sistemas e os serviços tenderão a ser, cada vez mais, customizados, adaptando-se às necessidades dos clientes. 

Como tal, cada vez mais são as empresas que procuram profissionais qualificados que as apoiem na implementação de novas soluções tecnológicas.

Robotiação e inteligência artificial nas indústrias de Portugal

Em Portugal, um quinto da população trabalha na indústria e, por isso, existe uma necessidade cada vez maior de otimizar os processos e adotar novas técnicas industriais que ajudem a fomentar o crescimento das empresas.

Na conferência Fábrica 2030, onde ocorreu a discussão sobre a reindustrialização de Portugal, o tema foi a indústria 4.0. 

Para os empresários, Portugal tem uma oportunidade para reforçar o perfil da economia através de uma indústria moderna, através do conhecimento, da qualificação e da robotização.

As mais valias da robotização e da inteligência artificial identificadas foram a otimização das tarefas, a eliminação de erros e o aumento da eficiência.

Segundo José Manuel Fernandes, CEO da Frezite, a robótica vai eliminar erros que o cansaço humano pode ter em relação a certos tipos de tarefas.

Já José Ataíde, assessor da Comissão Executiva da Navigator, realçou que a indústria do papel depende muito da tecnologia, quer pelo aumento de produtividade que comporta, quer pela eficiência que gera, nomeadamente ao nível da economia circular e da sustentabilidade. 

O responsável da Navigator destacou ainda a importância da tecnologia no posicionamento da empresa como o maior produtor de energia a partir de biomassa em Portugal.

Identificando as tendências da Indústria 4.0

#1 CRESCIMENTO DO 5G E FÁBRICAS INTELIGENTES

A indústria 4.0 ganhará ainda mais força com o 5G. Esse tipo de conectividade trará muitas vantagens operacionais para as fábricas inteligentes, uma vez que os dispositivos sem fio ganharão uma tecnologia que garantirá maior qualidade e velocidade. 

O 5G permite downloads cerca de 82 vezes mais ágeis que o 4G. As redes 5G prometem dar uma base muito sólida para as indústrias do futuro.

O 5G, além de aumentar a velocidade de comunicação entre os dispositivos, permite que os gestores utilizem o máximo do potencial da Internet das Coisas, automatizando uma infinidade de processos.

#2 – MANUTENÇÃO PREDITIVA 

A manutenção preditiva comprovadamente reduz as interrupções não planejadas e prolonga a vida útil das máquinas. A análise preditiva permite que os fabricantes monitorizem o desempenho do equipamento utilizando métricas de desempenho e automatizam o processo de recolha de dados usando a tecnologia IoT.

Essa percepção fornece aos fabricantes uma melhor compreensão de como os sistemas funcionam e quando irão falhar, permitindo-lhes realizar a manutenção preditiva e economizar tempo, dinheiro e recursos valiosos no processo.

#3 – CIBERSEGURANÇA  

Com o aumento da informatização das empresas é preciso preocupação com a segurança dos dados armazenados. 

Os crimes cibernéticos estão cada vez mais comuns, portanto a segurança cibernética tem-se tornado numa realidade para as empresas, que terão que se adaptar a essa realidade.

#4 – MANUTENÇÕES VIRTUAIS E REALIDADE AUMENTADA

É estimado que até ao final da década, os fabricantes e os fornecedores vão poder usar a realidade aumentada para treinar os operadores de quase tudo, desde medidas de segurança até às configurações de equipamentos.

Uma equipe mais experiente também pode usar esta tecnologia para vigiar várias propriedades ou prestar assistência remota, é algo como supervisão virtual de reparações.

#5 – DIGITAL TWINS 

O trabalho remoto aumentou o interesse em ‘Digital twins’.  Digital twin é uma cópia virtual de um ativo físico ou produto que recolhe dados em tempo real, que podem ser acedidos em qualquer lugar e usados para avaliar e otimizar o desempenho.

Por exemplo, os fabricantes podem criar ‘Digital twins’ das suas cadeias de logística ou processos para monitorizar, testar ou melhorá-los de forma rápida e econômica.

Com o 5G a facilitar a Internet das Coisas (IOT), a tecnologia ‘Digital Twin’ está definida para ser uma das grandes novidades da quarta revolução industrial.

#6 – BIG DATA E MACHINE LEARNING 

A primeira revolução industrial foi movida a vapor, a segunda foi elétrica, a terceira foi por computador e robótica e a quarta são sistemas ciberfísicos.

Com o IOT, todos os ativos podem ser conectados em rede e geridos digitalmente. Veículos autônomos e verificação de identificação por radiofrequência (RFID) de mercadorias vão facilitar as cadeias de abastecimento, tornando-as mais rápidas e eficientes.

Big data e machine learning irão melhorar as práticas ágeis e os regimes de manutenção  preditiva.

As tendências evidenciam as oportunidades

Não existe dúvida que estamos diante de grandes oportunidades para empresários e empreendedores brasileiros neste segmento. 

A indústria 4.0 é, sem dúvida, uma transformação do universo industrial com os pilares da tecnologia. 

O que estamos diante, que é um fato novo, é que tais tecnologias já estão abundantes e disponíveis e desta maneira, temos uma enorme oportunidade diante de nós.

Claro que oportunidade sem estudar ao certo se faz ou não sentido em Portugal é ilusão. Fazer um estudo de  aderência de mercado é fundamental para definir a melhor estratégia e assim avançarmos com seu projeto.

Caso você entenda que este segmento pode ser interessante para você em Portugal, agende um momento para conversarmos e juntos discutiremos seu futuro em Portugal.

Forte abraço!

 

Sobre o autor,

Benício Filho – Formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC SP, com MBA pela FGV em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios, pós-graduado em Vendas pelo Instituto Venda Mais, Mestrando pela Universidade Metodista de São Paulo na área de Educação e pós-graduado em Psicanálise pelo Instituto Kadmon de Psicanálise. Atualmente também está concluindo o curso de bacharelado em Filosofia pela universidade Salesiana Dom Bosco. Atua no mercado de tecnologia desde 1998. Fundador do Grupo Ravel de Tecnologia, Cofundador dá Palestras & Conteúdo, Sócio da Core Angels (Fundo de Investimento Internacional para Startups), sócio fundador da Agência Incandescente, sócio fundador do Conexão Europa e da Atlantic Hub (Empresa de Internacionalização de Negócios em Portugal), atua também como Mentor e Investidor Anjo de inúmeras Startups (onde possui cerca de 30 Startups em seu Portfólio), além de participar de programas de aceleração como SEBRAE Capital Empreendedor, SEBRAE Like a Boss, Inovativa (Governo Federal) entre outros. Palestrando desde 2016 sobre temas como Cultura de Inovação, Cultura de Startups, Liderança, Empreendedorismo, Vendas, Espiritualidade e Essência, já esteve presente em mais de 230 eventos (número atualizado em dezembro de 2020). É conselheiro do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul), bem como em outras empresas e associações. Lançou em dezembro de 2019 o seu primeiro livro “Vidas Ressignificadas” e em dezembro de 2020 “Do Caos ao Recomeço”.

Compartilhe:
Tags:

Posts Relacionados


Conheça os principais feriados em Portugal

Todos ansiamos por uma pausa na rotina e a verdade é que os dias com feriados são os mais esperados Read more

Autorização para residência permanente em Portugal: saiba como funciona

Se você está pensando em se mudar para terras lusas, será necessária a autorização de residência permanente em Portugal. Com Read more

Salário mínimo de Portugal em 2022

Um dos principais questionamentos da atualidade atualmente é sobre qual o valor do salário mínimo de Portugal em 2022. Esse Read more

Missão Empresarial como conexão entre empresários e entidades

A missão empresarial nasceu na Atlantic Hub como uma espécie de MBA em internacionalização. Nos nossos sete últimos anos, os Read more