Cenário para o investimento anjo em Portugal

Tempo estimado de Leitura: 9min

Postado em 29 de junho de 2022 /
Compartilhe:

O investimento em startups tem crescido ano a ano no mundo. Apenas no Brasil, para este ano, a estimativa é de um volume de investimento 30% maior que em 2021. 

Se pensarmos que estamos com forte demanda de crescimento há pelo menos dez anos em uma série histórica, demonstra que tal investimento não se arrefece nem com a pandemia.

Logo neste começo de artigo, você já pode concluir que este é um dos investimentos mais procurados por quem quer diversificar.

Recentemente, em um artigo publicado em nosso blog, aprofundei como na Core Angels Atlantic, empresa que somos fundadores e cotistas do fundo, analisamos seus projetos e como funciona o comitê de análise de startups.

Mas, você que tem interesse em investir, será que colocar recursos em um fundo de investimento em Portugal é um bom negócio para você?

Bem, eu digo que sim, afinal somos cotistas de um fundo, mas queremos colocar para você alguns pontos para ajudá-lo na decisão de diversificar seus investimentos

O primeiro passo é você compreender o que é um investidor anjo. Mais que dinheiro, é alguém que com seu conhecimento (Smart Money), auxilia as startups investidas. 

Esse é um ponto fundamental, afinal, investimos em pessoas. Se isso já é um ponto positivo para você, vamos aos pontos sobre o investimento em startups em Portugal. 

 

O INVESTIMENTO ANJO CRESCE EM TODO O MUNDO

 

O investimento anjo tem crescido em todo o mundo. Não seria diferente na Europa. Os EUA ainda concentram a maior parte do investimento em startups do mundo.

Tal fato se dá pela cultura americana não ser avessa ao risco. Os americanos há muitos anos já entenderam que quanto mais retorno financeiro, mais risco está inerente a este investimento

Os dados mais atuais de comparação do investimento anjo ao redor do mundo comprovam esta tendência e mostram como os recursos estão distribuídos entre alguns continentes. 

Segundo a Anjos do Brasil, importante instituição ligada ao setor de investimento anjo, diversificar seus investimentos criando um portfólio com diversos investimentos é uma das melhores formas de reduzir os riscos.

 

 

Vejam que se compararmos ao Brasil, os valores são muito mais elevados. Mas analisando os volumes investidos na Europa, não podemos dizer que estamos falando de um mercado pequeno. 

Muito pelo contrário, as somas investidas por anjos na Europa são destaques em ecossistemas mundiais. 

O ponto de partida é justamente saber por onde começar quando falamos em investimento em startups

Compreender como Portugal tem destaque neste segmento ajuda na decisão. 

 

PORTUGAL E SUAS OPORTUNIDADES EM INVESTIMENTO EM STARTUPS

 

Portugal tem seu destaque quando falamos de Europa. Óbvio que o ecossistema português é relativamente pequeno quando comparado a outros países do mesmo continente.

Mas o destaque para Portugal se dá justamente pelo apoio governamental e privado ao modelo de startups que está no cerne do investimento anjo.

Costuma-se dizer que Portugal é uma nação de startups. Apesar de pequeno, o país tem se destacado como um HUB de atração dessas empresas de base tecnológica com alto poder de escala. 

Atualmente são sete as startups portuguesas consideradas unicórnios. Apenas estas startups já poderiam indicar um mercado altamente interessante para você investir.

 

 

Acrescenta-se a esta lista a startup Anchorage Digital, que levantou 350 milhões de dólares, elevando a sua avaliação para três mil milhões de dólares, sendo responsável pela criação do primeiro banco de criptomoedas do mundo, permitindo às instituições participarem no universo dos ativos digitais. 

Inicialmente, a empresa estava pensada para ser um serviço de custódia de criptomoedas, mas expandiu o leque de serviços cripto.

Investir em startups que já chegaram a este estágio não é mais tarefa para anjos. Mas muitos destes negócios, começaram justamente com investimento anjo

 

QUATRO DICAS PARA VOCÊ PARTICIPAR DOS INVESTIMENTOS EM STARTUPS EM PORTUGAL 

 

#1 PARTICIPE DO ECOSSISTEMA

 

Participe de eventos do ecossistema de Portugal. Um dos exemplos são os momentos online que acontecem com a Core Angels Atlantic.

Investir em startups é conhecer empreendedores e empresas. Investir em grupo é muito mais seguro e fácil.

Participe de momentos, visite movimentos, esteja inserido no ecossistema de investimento em startups

 

#2 CONHEÇA STARTUPS QUE FAÇAM SENTIDO COM SEU SMART MONEY

 

Quanto mais você aprofunda seu conhecimento, mais você pode fazer a diferença em uma startup. Essa é a lógica do Smart Money.

Qual seu segmento? Procure quais são os hubs que congregam as suas startups. Em quais locais elas são aceleradas? Quais fundos e grupos de anjos podem ser porta de entrada para você.

Este é um ponto muito importante. Investir em startups que estejam alinhadas com seu conhecimento torna-se mais interessante de serem analisadas. 

 

#3 DEFINA O RISCO QUE QUER CORRER ANTES DE INVESTIR

 

Começar investindo muito é bastante complicado e arriscado. Defina com o tamanho do cheque que está disposto a colocar neste investimento.

Saiba que investir em startups é arriscado. O prazo médio de retorno é cinco anos. Este recurso pode ficar este tempo aplicado? 

Se você precisa de retorno rápido, este não é o modelo que faz sentido para você. 

 

#4 FAÇA UM INVESTIMENTO, SAIA DA ZONA DE ANÁLISE 

 

Pesquise, mas não fique na zona da análise eternamente. Conheço dezenas de pessoas que apenas dizem que investem e jamais colocam a mão no bolso.

Investir em startups é investir em pessoas. Assim, acredite, você estará transformando a economia. 

Quer saber como começar?  Agende um momento para conversarmos e juntos, discutiremos a melhor oportunidade para você dentro do nosso universo da Core Angels. Temos uma rede incrível de parceiros que poderão ajudá-lo e sobre isso, não tenho dúvida que encontraremos a melhor opção e forma para você. 

Forte abraço! 

 

 

Sobre o autor,

Benício Filho – Formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC SP, com MBA pela FGV em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios, pós-graduado em Vendas pelo Instituto Venda Mais, Mestrando pela Universidade Metodista de São Paulo na área de Educação e pós-graduado em Psicanálise pelo Instituto Kadmon de Psicanálise. Atualmente também está concluindo o curso de bacharelado em Filosofia pela universidade Salesiana Dom Bosco. Atua no mercado de tecnologia desde 1998. Fundador do Grupo Ravel de Tecnologia, Cofundador dá Palestras & Conteúdo, Sócio da Core Angels (Fundo de Investimento Internacional para Startups), sócio fundador da Agência Incandescente, sócio fundador do Conexão Europa e da Atlantic Hub (Empresa de Internacionalização de Negócios em Portugal), atua também como Mentor e Investidor Anjo de inúmeras Startups (onde possui cerca de 30 Startups em seu Portfólio), além de participar de programas de aceleração como SEBRAE Capital Empreendedor, SEBRAE Like a Boss, Inovativa (Governo Federal) entre outros. Palestrando desde 2016 sobre temas como Cultura de Inovação, Cultura de Startups, Liderança, Empreendedorismo, Vendas, Espiritualidade e Essência, já esteve presente em mais de 230 eventos (número atualizado em dezembro de 2020). É conselheiro do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul), bem como em outras empresas e associações. Lançou em dezembro de 2019 o seu primeiro livro “Vidas Ressignificadas” e em dezembro de 2020 “Do Caos ao Recomeço”.

Compartilhe:

Posts Relacionados


Como funciona o setor de investimento em Portugal

Em termos globais, 2020 foi um ano turbulento e de mudanças no que diz respeito ao mercado da gestão de Read more

Conheça a cidade de Sines, em Portugal

A cidade de Sines está localizada no distrito de Setúbal, no litoral alentejano. É o local perfeito para quem busca Read more

Tipos de investimento em Portugal

Ganhar mais dinheiro é o desejo da maioria das pessoas. Porém, a verdade é que, para fazer o capital render, Read more

Custo para empresas em Portugal em 2022

Em Portugal, o número de empreendedores tem vindo a aumentar nos últimos anos. No entanto, o processo para abrir uma Read more