A liderança é a chave do sucesso para sua internacionalização

Tempo estimado de Leitura: 9min

Postado em 11 de novembro de 2022 / , , ,
Compartilhe:

Quantas vezes você se pegou pensando em como poderia iniciar uma nova vida em outro país? Bem, eu tenho em meu círculo de amigos, provavelmente algumas dezenas deles, que nos últimos vinte anos se mudaram do Brasil. E o que isso tem a ver com liderança e internacionalização? Acompanhe o artigo.

Confesso que em algum momento no passado, mudar do Brasil também era um dos sonhos que eu nutria. Quando fundei a Atlantic Hub, entendi que na verdade não era mudar o que eu queria, mas sim internacionalizar minhas empresas. 

Deste entendimento até os dias de hoje já se somam quase dez anos. Foram dezenas de empresas que internacionalizamos e centenas de segmentos de mercado que estudamos. 

Acredito que você pode perceber quanta experiência está contida neste texto. Esse é um ponto que realmente acredito. É mesmo possível hoje, enquanto brasileiro, internacionalizar nossa empresa para o mundo.

Claro que acredito neste movimento quando ele é feito através de Portugal. Não vou falar aqui sobre nossa metodologia, você pode pesquisá-la em nosso site em detalhes. 

Também se quiser fazer um estudo de mercado do seu produto ou serviço, no final poderá entender como isso poderá ser feito.

Já falamos sobre muitas das possíveis abordagens quando o assunto é internacionalização. Falamos, inclusive, sobre os melhores segmentos para internacionalizar para Portugal e quero neste artigo, aprofundar com você um dos temas que em minha percepção podem ser a chave entre o sucesso ou o fracasso desta jornada.

A Liderança. Sim, como você irá conduzir este processo será o diferencial entre o que pode ou não dar certo. Recentemente, um dos nossos cases de sucesso foi um dos destaques em nosso evento no Atlantic Connection 2022

Neste caso, o CEO e fundador da empresa TCIA, Francisco da Mata aprofundou em um painel alguns pontos do porquê a liderança é um diferencial no processo de internacionalização.

Quero levar a você alguns pontos deste bate papo para ajudá-lo a entender que a liderança tem muito mais influência do que você imagina em uma internacionalização

 

ENTENDENDO A LIDERANÇA

Costumo diferenciar liderança de gerência. Um líder lidera pessoas, afinal é para este fim que ele existe. Um gerente, gerencia processos. 

Estes podem ser apenas processos mecânicos e repetitivos bem como uma dinâmica com pessoas mesmo. Mora aqui a grande diferenciação entre uma coisa e outra.

Liderança é acima de tudo se comprometer com o outro. Lembro de uma pessoa próxima a mim ter um discurso bastante repetitivo sobre a importância das pessoas em uma determinada empresa. Mas ao mesmo tempo que este era o discurso, tudo caía por terra quando surgia alguma questão financeira. 

Nada mais de pessoas na frente dele e apenas a questão financeira era importante. Imagine a crise dos seus liderados quanto a uma mensagem como essa?

Ou estamos comprometidos com o outro e acima de tudo somos exemplo ou nosso discurso apenas é belo nas palavras. Não cola, não adere, não cria segmento.

 

O SEGMENTO PELO EXEMPLO

Este é o ponto de desconexão das crianças para os adultos quando o tema é liderança. Ser líder é construir segmento. 

Segmento pode ser traduzido na vontade que tenho em estar com determinada pessoa. No prazer que seria poder trabalhar com ela, passar momentos com ela. 

Quando mais e mais pessoas começam a dizer de forma espontânea que desejam estar contigo, pode ter certeza que seu modelo de liderança começa a criar raízes. 

Desta maneira, quando digo que este é o ponto de separar os pequenos dos grandes é porque não existe uma liderança sem experiência. 

Não nasce uma liderança sem antes haver um aprendiz. Construímos lideranças pelos exemplos que temos e pelos relacionamentos que vivenciamos. Isso precisa de tempo, de vida real sem teoria. 

Somos a liderança que experienciamos. Desta maneira, muito há que ser aprendido quando o tema é liderança.

Uma liderança que não fez um desenvolvimento individual simplesmente não existe. Mas por que a liderança impacta tanto no processo de internacionalização? 

 

COERÊNCIA COM O PROCESSO 

Simples, a coerência do que será feito no processo de internacionalização pelo líder será replicado pelos seus liderados. 

O exemplo que comentei acima da TCIA é um deles. Seu líder, Francisco da Mata, muito além de participar de todas as reuniões, atuava em todas na construção e vivência do processo.

Sua mensagem era clara, queremos viver nossa internacionalização. O resultado não poderia ser outro, todo o time comprometido como seu líder. 

Internacionalizar é uma maratona. Isso precisa ficar claro. Sem uma liderança comprometida, os riscos são enormes. 

 

LIDERANÇA NÍVEL 5

Como apoio em sua busca por uma liderança mais completa, recomendo um clássico do mundo dos negócios. No livro, “Empresas feitas para vencer”, o americano Jim Collins, percorre o que ele chama de “líder de nível 5”.

Para ele, este líder  é aquele que prima pela excelência da companhia, transformando sua ambição e canalizando seu ego em prol de um bem comum da corporação.

As principais características desse tipo de liderança aliam extrema humildade pessoal a uma firme vontade profissional.

Líderes com este desenvolvimento, contribuem para transformar pessoas com engajamento, inclusão e sustentação de um propósito comum e individual. Propósitos genuínos e valores sólidos, que saiba onde quer chegar e que se preocupe verdadeiramente com o desenvolvimento das pessoas.

Caso queira aprofundar mais, recomendo a obra, você não irá se arrepender. 

 

INTERNACIONALIZAR COMEÇA AGORA

O mais incrível do processo de internacionalização que construímos é que você poderá, como líder, também se desenvolver. 

Nossa jornada, que chamamos de Scale Out, irá ajudá-lo a, inclusive, perceber como ser melhor como líder. 

Quando começar a internacionalizar? Agora! Será um prazer estar com você. Para iniciar, recomendamos um estudo de mercado que chamamos de Market Fit.

Comece hoje mesmo estudando seu mercado conosco e começamos corretamente esta nova fase da sua empresa e da sua vida. 

Dúvidas sempre existem. Marque um momento comigo e vamos juntos conversar para alinhar os próximos passos. 

Sobre o autor,

Benício Filho – Formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC SP, com MBA pela FGV em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios, pós-graduado em Vendas pelo Instituto Venda Mais, Mestrando pela Universidade Metodista de São Paulo na área de Educação e pós-graduado em Psicanálise pelo Instituto Kadmon de Psicanálise. Atualmente também está concluindo o curso de bacharelado em Filosofia pela universidade Salesiana Dom Bosco. Atua no mercado de tecnologia desde 1998. Fundador do Grupo Ravel de Tecnologia, Cofundador dá Palestras & Conteúdo, Sócio da Core Angels (Fundo de Investimento Internacional para Startups), sócio fundador da Agência Incandescente, sócio fundador do Conexão Europa e da Atlantic Hub (Empresa de Internacionalização de Negócios em Portugal), atua também como Mentor e Investidor Anjo de inúmeras Startups (onde possui cerca de 30 Startups em seu Portfólio), além de participar de programas de aceleração como SEBRAE Capital Empreendedor, SEBRAE Like a Boss, Inovativa (Governo Federal) entre outros. Palestrando desde 2016 sobre temas como Cultura de Inovação, Cultura de Startups, Liderança, Empreendedorismo, Vendas, Espiritualidade e Essência, já esteve presente em mais de 230 eventos (número atualizado em dezembro de 2020). É conselheiro do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul), bem como em outras empresas e associações. Lançou em dezembro de 2019 o seu primeiro livro “Vidas Ressignificadas” e em dezembro de 2020 “Do Caos ao Recomeço”.

Compartilhe:

Posts Relacionados


Como foi o Atlantic Connection 2022

Atlantic Connection 2022: 300 empresários reunidos para falar sobre Portugal. Com direito a bacalhau e muito networking, o conteúdo de Read more

Atlantic Connection 2022, percepções e insights

O Atlantic Connection 2022 retorna ao formato presencial e neste ano, literalmente, se consolida como o principal evento do Brasil Read more

Os 10 erros mais comuns em um processo de internacionalização

Ao longo dos últimos oito anos, estudamos e apoiamos centenas de empresas no processo de internacionalização.  Acreditamos que internacionalizar é Read more

Atlantic Ignition – Imersão portuguesa no Brasil

Uma das maiores ilusões que permeiam o ambiente da internacionalização de negócios são as tais viagens para prospectar parceiros.  A Read more